Unidade Bela Vista

Ortopedia | Núcleo de Medicina do Joelho | Medicina do Esporte

Rua Barata Ribeiro, 398 | 3º andar  

Próxima ao Hospital Sírio Libanês

Horário de atendimento: segunda à sexta das 8h às 19h

WHATSAPP 11 94709-4949

Unidade Ipiranga
Ortopedia

Rua Arcipreste Andrade, 727 | conj 145  

Próxima ao metrô Sacomã

Horário de atendimento: segunda à sexta: 8h30 às 17h30

WHATSAPP  11 99476-6398

Unidade Itaim
Ortopedia | Medicina do Esporte

 

Rua Bandeira Paulista, 716 conj 42

Próxima ao Hospital Sírio Libanês Itaim

Horário de atendimento: segunda à sexta: 9h às 18h

WHATSAPP 11 98111-9943

NOVA!

Unidade Vila Mariana
Fisioterapia

 

Rua Vergueiro, 3086 | conj 61 

Próxima ao metrô Vila Mariana

Horário de atendimento: segunda à sexta: 8h às 17h

WHATSAPP  11 96843-5680

Horário de Atendimento
segunda à sexta: 8h às 19h
Itaim . Bela Vista . Vila Mariana . Ipiranga

Resp. Técnico: Dr. Pedro Baches Jorge  CRM 117.484

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Dor nas costas: problemas comuns quando se fala em dor na coluna

 

A dor nas costas é a principal causa de incapacidade no mundo e, no Brasil, atinge 13% da população, ficando atrás apenas da pressão alta no ranking de queixas. Os motivos para tanto “sucesso” são a falta de cuidado no dia a dia, e uma série de confusões quando as dores aparecem.


Grande parte das pessoas passa a maior parte do tempo sentada, não pratica atividade física regular e desconhece os cuidados que a região das costas exige. Submetem a coluna a esforços exagerados, movimentos prejudiciais ou negligenciam o fortalecimento da musculatura que protege a coluna em toda sua extensão.


Quando acometidas por algum problema, responsabilizam uma possível doença e não o estilo de vida, recorrem à automedicação e consultam profissionais não especializados. O resultado, além dos números que conhecemos, são pessoas que vivem com dores e restrições que poderiam ser evitadas ou, na pior das hipóteses, ter seu impacto minimizado no cotidiano, trazendo ganhos consideráveis para a qualidade de vida.


Dor nas Costas pode ter muitas origens
Descobrir onde começam as dores nas costas não é uma tarefa fácil. Quando há uma enfermidade conhecida como tumores ou doenças como a espondiloatrite – um grupo de doenças reumáticas de fundo inflamatório, ou ainda traumas ou fraturas, a descoberta é mais fácil. Mas até o paciente mais criativo precisa se esforçar para listar tudo que pode terminar em problemas na coluna: envelhecimento, estresse, ansiedade, repouso prolongado, excesso de peso, má postura, falta de atividade física, depressão, tabagismo e ingestão de bebidas alcoólicas mostram que a coluna é sensível e o preço a pagar é alto.


Dores que vão para os braços, pescoço e mãos podem indicar problemas na área da coluna cervical. Dores que vão para pernas, pés e quadril podem indicar problemas na área da coluna lombar. A única maneira de identificar o problema com segurança e escolher o melhor tratamento é a consulta com um ortopedista.

 

Problemas mais comuns

 

HÉRNIA DE DISCO - Entre as vértebras da coluna existem os discos invertebrados, compostos por material gelatinoso. Sua função é amortecer impactos e evitar o atrito entre as vértebras. Quando estes discos se desgastam e o material gelatinoso sai da posição normal e começa a pressionar os nervos que saem da coluna, temos uma Hérnia de Disco.


As causas mais comuns do desgaste dos discos são a predisposição genética, o envelhecimento, a falta de atividade física, o tabagismo e a sobrecarga ao carregar ou levantar muito peso.


Pode ou não haver dor, que varia de leve a incapacitante. Outros sintomas comuns são: queimação, dormência, formigamento e perda de força muscular.

 

ARTROSE - Também conhecida por osteoartrite, a Artrose é uma doença que ataca as articulações promovendo, principalmente, o desgaste da cartilagem que recobre as extremidades dos ossos, mas que também danifica outros componentes articulares como os ligamentos, a membrana sinovial e o líquido sinovial.


Quanto mais a cartilagem - tecido esbranquiçado, liso e elástico - se deteriora, mais os ossos se atritam diretamente entre si, o que causa crepitações, inflamação, dor e limitação de movimentos.


Sua principal causa é o envelhecimento, mas outros fatores podem desencadear a doença, como movimentos repetitivos, sedentarismo, obesidade e tabagismo. As dores localizadas são o sintoma clássico desta doença.

 

BICO DE PAPAGAIO - Conhecido por muitos como osteofitose, é uma formação óssea anormal que geralmente acontece como forma de defesa do corpo para absorver melhor a sobrecarga de uma articulação. A coluna vertebral é acometida por um bico de papagaio, quando há um atrito indevido entre duas vértebras devido ao desgaste dos discos invertebrados, cuja função é estabilizar e absorver impactos na coluna.


A maior parte dos casos atinge pessoas com mais de 60 anos, mas jovens também podem ter o problema, que tem mais risco de aparecer quando há sobrepeso e sedentarismo.

 

DESVIOS DE COLUNA - Cifose e Lordose são termos comuns que se referem à curvatura normal da coluna, quando vista de lado. Se esta curvatura é exagerada, temos hipercifose e hiperlordose. Já a Escoliose é um desvio percebido quando se olha a coluna de frente, situação em que ela sempre deve ser reta. Estes desvios podem causar fadiga muscular, dor e má postura, sendo este último o sinal visual que denuncia a existência de um desvio.

 

Problemas que envolvem a coluna são sempre delicados e uma solução eficaz depende de um profissional especializado. Especialistas em coluna tem as credenciais necessárias para identificar as origens do desconforto, suas características e, a partir deste ponto, conduzir o tratamento mais indicado para garantir o conforto e a recuperação do paciente.

 

A Clínica SOU conta com uma equipe de ortopedistas especializados em coluna e nas mais diversas áreas da Ortopedia. Caso esteja sofrendo com dores nas costas, procure um profissional e agende sua consulta.

Share on Facebook
Please reload

Artigos relacionados:

Please reload