Unidade Bela Vista

Ortopedia | Núcleo de Medicina do Joelho | Medicina do Esporte

Rua Barata Ribeiro, 398 | 3º andar  

Próxima ao Hospital Sírio Libanês

Horário de atendimento: segunda à sexta das 8h às 19h

WHATSAPP 11 94709-4949

Unidade Ipiranga
Ortopedia

Rua Arcipreste Andrade, 727 | conj 145  

Próxima ao metrô Sacomã

Horário de atendimento: segunda à sexta: 8h30 às 17h30

WHATSAPP  11 99476-6398

Unidade Itaim
Ortopedia | Medicina do Esporte

 

Rua Bandeira Paulista, 716 conj 42

Próxima ao Hospital Sírio Libanês Itaim

Horário de atendimento: segunda à sexta: 9h às 18h

WHATSAPP 11 98111-9943

NOVA!

Unidade Vila Mariana
Fisioterapia

 

Rua Vergueiro, 3086 | conj 61 

Próxima ao metrô Vila Mariana

Horário de atendimento: segunda à sexta: 8h às 17h

WHATSAPP  11 96843-5680

Horário de Atendimento
segunda à sexta: 8h às 19h
Itaim . Bela Vista . Vila Mariana . Ipiranga

Resp. Técnico: Dr. Pedro Baches Jorge  CRM 117.484

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Como você desgasta a sola do calçado?

De maneira geral, existem três tipos de pisadas. A pisada pronada, também conhecida como “pisada interna”, é caracterizada pela proximidade dos joelhos e ausência de curva nas solas dos pés.  A pisada supinada, também conhecida como “pisada externa”, é caracterizada pelo afastamento dos joelhos e acentuada curva nas solas dos pés. A pisa neutra é caracterizada pelo alinhamento dos joelhos e calcanhares.

 

 

O que o desgaste do calçado mostra

 

O desgaste simétrico ou assimétrico do solado do calçado pode ser um indicativo do tipo de pisada. Contudo, não é o único.

 

É normal o tênis gastar mais do lado de fora, e isso não significa necessariamente que haja algum problema com a pisada. Da mesma forma, em provas longas de corrida, mesmo corredores com pisada neutra tem a tendência de aumentar o ângulo de pronação, pois o cansaço reduz a capacidade de se manter uma pisada consistente.

 

Como se avalia a pisada

 

O calcanhar, o meio do pé e o antepé são três pontos de apoios, nos quais a carga do peso do corpo deve se dividir de forma equilibrada.

 

O tipo de pisada não é avaliado nem no início nem no final da passada, mas no meio da passada, quando o corpo está “ereto” sobre o pé. Não deve haver apoio excessivo num ponto do pé, pois isso pode causar desde calos e bolhas até fraturas por estresse, lesões, deformidades ósseas e outros problemas.

 

Para evitar dores e lesões, o ideal é procurar um médico ortopedista especialista em pés, que poderá avaliar corretamente o seu tipo de pisada e identificará eventuais problemas, corrigindo vícios posturais estáticos e dinâmicos. Também pode indicar o uso de palmilhas especificas, após um estudo biomecânico completo.

 

Problemas na pisada, não é isso que vai parar você

Tag:

Share on Facebook
Please reload

Artigos relacionados:

Please reload