Unidade Bela Vista

Ortopedia | Núcleo de Medicina do Joelho | Medicina do Esporte

Rua Barata Ribeiro, 398 | 3º andar  

Próxima ao Hospital Sírio Libanês

Horário de atendimento: segunda à sexta das 8h às 19h

WHATSAPP 11 94709-4949

Unidade Ipiranga
Ortopedia

Rua Arcipreste Andrade, 727 | conj 145  

Próxima ao metrô Sacomã

Horário de atendimento: segunda à sexta: 8h30 às 17h30

WHATSAPP  11 99476-6398

Unidade Itaim
Ortopedia | Medicina do Esporte

 

Rua Bandeira Paulista, 716 conj 42

Próxima ao Hospital Sírio Libanês Itaim

Horário de atendimento: segunda à sexta: 9h às 18h

WHATSAPP 11 98111-9943

NOVA!

Unidade Vila Mariana
Fisioterapia

 

Rua Vergueiro, 3086 | conj 61 

Próxima ao metrô Vila Mariana

Horário de atendimento: segunda à sexta: 8h às 17h

WHATSAPP  11 96843-5680

Horário de Atendimento
segunda à sexta: 8h às 19h
Itaim . Bela Vista . Vila Mariana . Ipiranga

Resp. Técnico: Dr. Pedro Baches Jorge  CRM 117.484

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon

Conheça as lesões nas mãos e punhos relacionadas a esportes

As mãos e os punhos são regiões muito utilizadas não só nas tarefas cotidianas, como também em diferentes esportes como tênis, beisebol, basquete, handball, escalada, judô e muitos outros. Nestes casos, a região pode estar mais propensa ao desenvolvimento de lesões específicas. As mais comuns são:

 

 

 

Fraturas dos ossos do carpo

 

É importante entender que parte da articulação do punho é contitída pelos ossos do carpo, sendo eles o escafoide, semilunar, piramidal, pisiforme, trapézio, trapezoide, capitato e hamato. Situações como quedas sobre o punho estendido, traumas repetitivos e a prática de esportes de alto impacto podem causar a fratura de um ou mais desses pequenos ossos, além de lesões ligamentares. A condição pode levar a dor aguda, edema e limitação local.

 

O tratamento do problema vai desde a administração de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, imobilização da área afetada, fisioterapia e, nos casos mais graves, intervenção cirúrgica. 

 

Fraturas do gancho do osso hamato

 

Em esportes com uso de raquetes como o tênis, a atenção deve ser redobrada. O hamato, por exemplo, é um osso que fica no lado ulnar do punho (é o mesmo lado do quinto dedo, mas na altura do punho). Ele é possui uma saliência em forma de gancho e pode estar mais suscetível a fraturas. A ponta da raquete, inclusive, encontra suporte nesse osso específico, o que, ao longo do tempo, pode causar uma fadiga óssea ou até mesmo uma fratura completa.

 

Lesões da fibrocartilagem triangular

 

Além disso, esse tipo de esporte pode ocasionar também lesão nos tecidos moles do punho, como cartilagens e ligamentos (lesão na fibrocartilagem triangular) que agem em conjunto para estabilizar uma das articulações. Uma lesão desse tipo pode causar muitas complicações e normalmente é provocada por uma extrema utilização da mão em determinados movimentos ou trauma local.

 

Em alguns casos, apenas uma imobilização já auxilia no tratamento da lesão. No entanto, podem ser necessárias intervenções adicionais que podem variar de infiltrações até reparo cirúrgico

 

Avulsão do tendão flexor

 

Além dos esportes com raquetes e movimentos amplos, as modalidades de combate e de contato também requerem cuidados. A lesão nomeada como avulsão de tendão flexor profundo dos dedos, geralmente, é encontrada entre os praticantes de judô, jiu-jitsu, rúgbi e futebol americano.

 

O trauma ocorre quando há uma extensão forçada do dedo na máxima contração do músculo flexor.

 

A partir de um exame físico, é possível observar a incapacidade do paciente em flexionar a ponta do dedo, com o dedo fixo em extensão. No raio-X, o especialista consegue avaliar as estruturas comprometidas e realizar um diagnóstico correto. 

 

O tratamento cirúrgico (tenorrafia) deverá ser realizado, se possível, em até três semanas após a lesão. Nesses casos, uma reabilitação física adequada tem papel fundamental no sucesso do tratamento. Para que assim, a função motora seja recuperada entre quatro e seis meses.

 

Dedo em martelo

 

É outra lesão bastante frequente provocada pelo impacto da bola no dedo em extensão, produzindo uma flexão súbita e intensa da falange distal. Isto leva a ruptura do tendão extensor, ou fratura de sua inserção, neste caso, diferente da avulsão do tendão flexor, o paciente não consegue esticar a ponta do dedo. Daí o nome de dedo em martelo.

Geralmente ocorre nos esportes com bola, como baseball, basquete, handebol, vôlei e em goleiros de futebol, onde a bola atinge violentamente um dedo em extensão.

O tratamento varia com a gravidade da lesão e demanda do paciente, podendo-se indicar desde um tratamento conservador com talas em extensão, até a intervenção cirúrgica.

 

Como prevenir essas lesões

 

Para evitar que lesões como essas afetem mãos e punhos e atinjam sua rotina esportiva e diária, é fundamental a utilização de movimentos e técnicas corretas em cada tipo de esporte, além do uso de equipamentos adequados. As proteções recomendadas tanto durante a prática esportiva, quanto em situações da rotina também são aspectos essenciais para a prevenção dessas condições. 

 

Uma preparação física completa, equilibrada e correta também é um fator indispensável para evitar traumas como esses.

 

Se você se identifica com algum desses problemas, procure um dos ortopedistas especialistas em mãos e punhos da Clínica SO.U.

 

Problemas nas mãos, não é isso que vai parar você.

Share on Facebook
Please reload

Artigos relacionados:

Please reload